fbpx
PUBLICIDADE

Adolfo Sachsida se diz impressionado com a má vontade de pessoas com o MBL

Economista ressaltou o período que esteve liderando o movimento no Distrito Federal e observou a origem simples das lideranças do MBL
Adolfo Sachsida (de pano vermelho no rosto) é carregado por seguranças da Câmara em manifestação contra o PT, em 2015 (Foto: Folhapress)

Foto: Reprodução/Facebook

O economista Adolfo Sachsida, colunista do Instituto Liberal, desabafou na última terça-feira (3) sobre a perseguição da imprensa tradicional contra o Movimento Brasil Livre, alvo de constantes reportagens que incluem até mesmo espionagem de grupos privados no Whatsapp.

“Impressiona a má vontade que muitos têm com esse grupo que é basicamente formado por jovens de baixa renda”, escreveu Sachsida em seu perfil pessoal, sem citar nomes, sendo curtido por personalidades como Helio Beltrão e Rodrigo Constantino. “Entre novembro de 2014 e março de 2015, estive à frente do MBL no Distrito Federal. Renan, Kim, Holiday e vários outros fizeram muito pelo Brasil e pelo ressurgimento das ideias liberais em nosso país”.

Ao fim, o economista fez questão de agradecer e parabenizar as lideranças do movimento a “todo trabalho e sacrifício que ajudaram a construir o Movimento Brasil Livre”. Criado originalmente em 2013 e renascido em 2014, o MBL é hoje o maior grupo liberal do país.









O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama