fbpx
PUBLICIDADE

Frente Parlamentar defende legalização do jogo no Congresso

Grupo pretende pressionar o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, a levar a votação da proposta adiante até o mês de dezembro deste ano
(Foto: Reprodução / Opinião e Notícia)

Uma discussão muito comum entre os autointitulados liberais é a importância da legalização de certas práticas, como o porte de armas ou de drogas. Para muitos, qualquer ampliação da liberdade de uso é válida; para outros, melhor seria uma liberação total, pois a legalização é feita com o objetivo de regulamentar e tributar. Seja como for, ao que tudo indica, todos terão um tema para debate nos próximos meses: a legalização do jogo.

Pelo menos é o que pretende uma Frente Parlamentar no Congresso, formalizada na última sexta, dia 29 de setembro. Segundo a Veja, o deputado Cesar Halum (PRB-TO) foi o responsável por protocolar o documento, que já conta com 262 assinaturas. O objetivo é iniciar os trabalhos já no dia 18 de outubro, com a meta de pressionar o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Apenas Brasil e Bolívia não regulamentam a prática na América do Sul.

“Queremos pautar e aprovar o projeto até dezembro”, alega Halum. Sua motivação é, como esperado, a arrecadação do governo. “Num momento de crise, o Brasil poderá arrecadar até R$ 18 bilhões de reais por ano e gerar 1 milhão de empregos”, conclui.









O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama