fbpx
PUBLICIDADE

Nelson Marchezan Jr. afirma que “liberal de contos de fadas” é tão ruim quanto “comunista de iPhone”

Prefeito havia sido apoiado pelos liberais e agora está sendo criticado por medidas como a sugestão de aumento da alíquota do IPTU

(Foto: Reprodução / Facebook)

“Liberal de contos de fadas é tão nefasto à sociedade quanto comunista de iPhone!”. Foi o que postou o atual prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Jr., em sua página no Twitter. O comentário foi duramente criticado pelo PSL/Livres e pelo seu presidente no Rio Grande do Sul, Fabio Ostermann.

Eleito pelo PSDB, o prefeito chegou a ser bastante associado à ideia de que existe uma ala jovem mais arrojada no partido, distanciada dos seus “caciques” e aberta ao liberalismo. Recentemente, contudo, algumas de suas decisões e medidas vêm provocando polêmica e gerando questionamentos. A principal delas é provavelmente a sugestão de aumento da alíquota do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU), ainda apreciada na Câmara de Vereadores.

Aparentemente, as críticas geraram essa reação em suas redes sociais. Fabio Ostermann, que chegou a ser candidato na mesma eleição, definiu o comentário do ex-concorrente como “um recado aos liberais porto-alegrenses”.  Já seu partido, o PSL/Livres, argumentou que Marchezan “foi eleito com apoio de liberais”, mas, “ao chegar no governo, manteve a Carris (empresa de ônibus) deficitária e quer aumentar impostos”. Em relação à Carris, porém, o prefeito declarou, no último dia 21, a intenção de privatizá-la ou licitar linhas.









O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama