fbpx
PUBLICIDADE

Movimento de liberais pretende criar nova UNE: a UniLivres

O grupo decidiu se recusar a reconhecer a representatividade da União Nacional dos Estudantes e oferecer uma alternativa real para os universitários

(Foto: Divulgação / Facebook)
(Foto: Divulgação / Facebook)

Iniciativas como o “Escola Sem Partido” ecoam uma insatisfação que muitos liberais, libertários e conservadores experimentam há tempos: a hegemonia das ideias consideradas “socialistas”, “marxistas culturais” ou “de esquerda”, a depender de como se prefira chamar, no ambiente do ensino no Brasil. A União Nacional dos Estudantes (UNE), criada no final da década de 30, supostamente representante dos estudantes universitários, tem sido alvo dessas críticas. Um grupo de movimentos liberais em universidades do país decidiu fazer algo a respeito.

A UniLivres é um projeto de associação para fazer frente à UNE. Em manifesto divulgado no último dia 30, a entidade se define como “um grupo de lideranças estudantis que busca um ambiente acadêmico mais aberto à troca de ideias, que tem como valores a busca por maior liberdade de expressão e participação de movimentos não alinhados à atual hegemonia de partidos políticos nas universidades”. Ainda segundo o documento, a entidade congrega “lideranças liberais, libertárias e conservadoras, que se propõem a defender ideias que maximizem a liberdade de nossa sociedade em detrimento de quaisquer organizações centralizadoras”.

O objetivo da iniciativa é uma contraposição ao movimento estudantil atual, “que na maioria das vezes não atende às questões reais dos discentes das universidades, somente fazendo proselitismo político barato e servindo de fonte de desvio de recursos para partidos alheios a problemas e necessidades locais”. Assinam o documento e a proposta movimentos liberais de 14 estados do Brasil. Eles resumem suas bandeiras no texto: o fim do monopólio da representação da UNE, o não aparelhamento do movimento estudantil por partidos políticos, a defesa da liberdade de expressão, o diálogo respeitoso entre os membros e a maior pluralidade de ideias no ambiente acadêmico.





O UniLivres já disponibiliza um formulário de cadastro para movimentos que queiram somar esforços. Os interessados devem clicar aqui.





O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama