fbpx
PUBLICIDADE

Páginas monarquistas nas redes sociais propõem restauração ao Legislativo

As páginas criaram uma "ideia legislativa" no site do Senado e conseguiram, até agora, mais de 3,5 mil apoiadores; com 20 mil, a ideia é debatida entre os senadores
(Foto: Divulgação / Facebook)
(Foto: Divulgação / Facebook)
PUBLICIDADE

Um total de 14 páginas em defesa da monarquia brasileira no Facebook se uniram em torno de uma ideia: publicar no portal do Senado Federal a restauração da Coroa dos Bragança como uma Ideia Legislativa. O anúncio foi publicado na página “Pedro de Alcântara”.

PUBLICIDADE

De acordo com os idealizadores, o objetivo é “incentivar a formação de um amplo debate público sobre a restauração”, mesmo que não alimentem “a falsa esperança de que a ideia seja aprovada pelos senadores”. Obrigá-los a debater “traria muita mídia para o movimento, o que fomentaria a discussão sobre uma eventual restauração, permitindo a consideração do parlamentarismo monárquico pelos brasileiros”.

No texto da proposta assinada por “Rodrigo Brasileiro – RJ”, sob o título Referendo pela Restauração da Monarquia Parlamentarista no Brasil, o sistema presidencialista brasileiro é acusado de ser “corrupto e corruptor”. “A implantação da Monarquia tiraria o viés partidário das decisões de Estado, garantindo a isonomia do mesmo, ao mesmo tempo em que as funções de governo permaneceriam com os representantes eleitos pelo povo, com um menor custo ao erário público”, conclui.

PUBLICIDADE

Leia também:  Fux determina retirada de bandeira imperial instalada em lugar inusitado

Na seção “Mais detalhes”, os monarquistas informam que o imperador teria a função de nomear e demitir o Primeiro-Ministro, dissolver o Congresso para convocar novas eleições, indicar os ministros do STF, sancionar e vetar leis e convocar plebiscitos e referendos, mas a administração e governo do país ficariam sob responsabilidade do Primeiro Ministro e do seu Gabinete. Se a proposta conseguir 20.000 apoiadores até o dia 15 de agosto, será levada para debate entre os senadores; até o momento, conseguiu 3.588 apoios.

Compartilhe essa notícia:

Leu até aqui? Siga nas redes!

MARCAS APOIADORAS

Podcast

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?