fbpx

PSL/Livres faz filme criticando discursos comuns na direita e na esquerda

Para transmitir a ideia de que "há verdades que precisam ser ditas", PSL critica quem veste camisa de Che Guevara, chama Lava Jato de perseguição e acha que maconha é caso de polícia

Compartilhe

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Em franca renovação pela corrente “Livres”, o Partido Social Liberal lançou mais um filme para reafirmar sua identidade, reforçando a ideia de coerência.

Na produção, há críticas a quem “defende os direitos humanos”, mas “veste a camisa de Che Guevara”; a “quem repudia a corrupção”, mas “chama a Lava Jato de perseguição política” e a quem diz querer combater a violência e que “a vida é prioridade”, mas quer que a polícia perca tempo com uma planta.

Ao fim, a legenda deixa claro o seu posicionamento: “Há verdades que precisam ser ditas e um partido com coragem de dizê-las”.

Confira o filme abaixo:

[fbvideo link=”https://www.facebook.com/PSLnacional17/videos/1403393879741391/” width=”920″ height=”0″ onlyvideo=”1″]

Leia também:  Revisão Social dos Gastos Públicos: uma necessidade para o equilíbrio fiscal

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?