fbpx
PUBLICIDADE

Fundador do Partido NOVO repercute crítica dura a jornalista Lauro Jardim

Compartilhando artigo do site Senso Incomum, mantido por Flavio Morgenstern, o empresário João Amoedo relembrou informações falsas publicadas pelo colunista de O Globo

O advogado e jornalista Taiguara Fernandes publicou neste sábado, no site Senso Incomum (mantido pelo escritor e analista político Flavio Morgenstern), um artigo contestando matéria de Lauro Jardim, colunista de O Globo, na qual este havia insinuado que o jurista Ives Gandra Filho, ventilado para a vaga de Teori Zavascki no STF, teria contratado a própria irmã irregularmente. O texto chamou a atenção de João Dionísio Amoedo, fundador do Partido NOVO, que o replicou em seu perfil no Facebook, acompanhado de seus próprios comentários.

No texto de Taiguara, o advogado demonstra que não apenas não houve qualquer ilegalidade, como o trabalho realizado pela irmã de Ives Gandra Filho foi voluntário. Ao compartilhar o artigo, Amoedo relembrou que, no ano passado, o mesmo jornalista “publicou na sua coluna uma nota sobre o NOVO sem qualquer fundamento”. O empresário recorda que mandou “um e-mail informando que a nota era equivocada e que estava à disposição sempre que ele tivesse alguma dúvida”, mas ainda assim, durante a campanha eleitoral, Lauro Jardim publicou nova nota falsa sobre o NOVO – desta vez em relação à candidata do partido à prefeitura do Rio, Carmem Migueles.

Duramente, Amoedo ressaltou: “a perda de audiência, e consequentemente de receita, das empresas tradicionais não é apenas uma questão tecnológica ou de mudança de hábitos. Ela simplesmente reflete a reação de um leitor mais atento e esclarecido contra esse ‘jornalismo’ que cria polêmicas onde não existe, dá voz e espaço a quem lhe interessa – independente da sua relevância, caráter e seriedade – e publica versões, substituindo o fato pelo ativismo partidário ou ideológico”. O empresário concluiu parabenizando todos os veículos e colunistas independentes que “vêm de fato nos informando”.





 





O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama