fbpx
PUBLICIDADE

Após chamar Temer de comunista, João César de Melo anuncia saída do Instituto Liberal

Segundo o artista plástico, ele deixará de publicar artigos no IL por ver que seu "viés libertário estava forte demais"

O artista plástico João César de Melo anunciou hoje (28) em seu perfil no Facebook que deixará de publicar artigos no Instituto Liberal. Segundo ele, essa decisão foi tomada em boa medida “pela grande repercussão que teve um artigo […] onde explicava que [o presidente Michel] Temer não passava de um comunista”.

Apesar da saída, Melo garante que se despede sem mágoas. “Saí apenas por ver que meu viés libertário estava forte demais, um tanto fora da linha editorial do IL”, afirma. Além de dedicar seu tempo às artes, tendo suas obras sido expostas em diversas regiões do país, João César de Melo também é autor do livro “Natureza Capital”.

Compartilhe essa notícia:




O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama