Gregorio pergunta onde estão os ‘liberais de verdade’ e PSL/Livres responde

Partido divulgou nesta quarta-feira (11) uma resposta à coluna publicada pelo humorista Gregorio Duvivier no jornal ‘Folha de S. Paulo’ na última segunda-feira (9)

- Publicado no dia
Foto: Reprodução/Facebook

O humorista Gregorio Duvivier publicou no jornal Folha de S. Paulo na última segunda-feira (9) um texto onde diz estar na “eterna busca do liberal-de-verdade”. O PSL/Livres aproveitou o assunto e elaborou nesta quarta-feira (11) uma resposta firme em uma “carta aberta” divulgada no Facebook destinada ao apresentador do “Greg News” (HBO).

No texto inicial, Duvivier sustentou que se identifica com o que chamou de “liberais-de-verdade”: para ele, quem “detesta a ideia de um estado autoritário, [que diz] saber o que é bom, o que se tem de ler, ouvir ou fumar”. “O problema é que nunca conheci nenhum”, lamentou-se. Em seguida, ele citou as recentes polêmicas em exposições de arte – “as pessoas ainda se importam com o que acontece dentro do museu” – e debochou dos prefeitos de São Paulo e Rio de Janeiro, João Doria e Marcelo Crivella.


PUBLICIDADE


Na carta aberta, o PSL/Livres disse que Gregorio “com a esquerda” foi quem “ajudou a criar os liberais de mentira”. “Toda vez que radicalizamos o discurso para um lado, o efeito mais sensível é o surgimento de radicais no outro lado”, diz o texto.

Em tom firme, o partido questionou o passado do humorista, que agora se diz indignado com censura no humor. “Você esqueceu que até pouco tempo, antes de virar militante contra a censura nas artes, você não se incomodava com a patrulha? Você achava ok censurar o humor, e ainda disse que ele precisava ter ‘função social’ para ser válido.”

Para ler a íntegra, clique aqui.

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail


Leia também