MBL venceu outros movimentos populares de rua, aponta ‘Estadão’

Análise do colunista José Roberto de Toledo levou em consideração números de engajamento nas redes sociais

- Publicado no dia
Kim Kataguiri, coordenador nacional do Movimento Brasil Livre, é uma das principais personalidades do MBL (Foto: Divulgação / Facebook)

O jornalista José Roberto de Toledo, coordenador do “Estadão Dados” e autor do blog “Vox Publica”, vinculado à versão digital do jornal O Estado de S. Paulo, publicou nessa segunda-feira (18) uma análise sobre os movimentos de rua que pediam a queda de Dilma Rousseff. Sua conclusão foi que, passado um ano da queda da petista, o Movimento Brasil Livre, conseguiu se posicionar como o principal movimento de todos os outros, mantendo crescimento, influência e atuação firme com outras pautas.

Utilizando a ferramenta CrowdTangle, o especialista concluiu que o MBL “se consolida como principal movimento político virtual brasileiro, ultrapassando concorrentes como Vem Pra Rua e Movimento Contra Corrupção”. Segundo Toledo, o movimento tem apresentado mais interações e crescimento no Facebook, além de atuar como importante influenciador nas páginas dos pré-candidatos à presidência de república.


PUBLICIDADE


Outro ponto salientado por Toledo é a diversificação de pautas do movimento. “Isso terá impacto ainda maior nas campanhas para as eleições de 2018 do que o movimento já teve dois anos antes”, escreveu. Em agosto, por exemplo, o MBL mobilizou manifestações Brasil afora em defesa do Escola Sem Partido.

+ Kim Kataguiri concede entrevista exclusiva ao Boletim, fala sobre sua trajetória e sobre o livro que lançará

+ “Se ele decidir concorrer, meu candidato em 2018 será o Kim Kataguiri”, diz Holiday, em entrevista ao Boletim

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail


Leia também