Influenciadores especulam que Lula pode voltar ao Planalto com a queda de Temer

O advogado Bernardo Santoro, ex-IL, e o jornalista Paulo Eduardo Martins, ex-deputado federal, se manifestaram nessa segunda (10) no Facebook especulando a volta do petista em eleição indireta

- Publicado no dia
Foto: Reprodução / Facebook
Foto: Reprodução / Facebook

Nem todos os liberais que foram às ruas pela queda do PT estão apoiando o eventual afastamento do presidente Michel Temer, acusado de corrupção pela Procuradoria Geral da República. Bernardo Santoro, ex-presidente do Instituto Liberal, e Paulo Eduardo Martins, jornalista e ex-deputado federal, se manifestaram nesta segunda-feira (10) sobre o assunto.

Martins disse que, mesmo não defendendo Temer, se assusta com a possibilidade da volta de Lula ao poder em eleição indireta. “Podemos estar diante não de uma questão de mera punição e justiça, mas sim se continuaremos a ser uma democracia ou passaremos para uma ditadura bolivariana com um Lula mais maduro”.

A tese foi aplaudida por Santoro, explicando que Lula, por já ter feito “muitos favores para muita gente”, poderia contar com o apoio de muitos parlamentares em uma eventual eleição indireta. Hoje presidente do Centro de Liberdade Econômica do Mackenzie, em São Paulo, Santoro especula ainda que Lula poderia chantagear os parlamentares em troca de não efetuar acusações.

“Lula está fazendo o jogo direitinho no que tange a voar sob o radar: está apoiando as eleições diretas com vigor, mesmo sabendo que essa é uma pauta irrealizável; com isso, se legitima a ser eleito por via indireta, afirmando que eivou todos os esforços em busca de uma ‘eleição democrática'”, escreveu Santoro em seu Facebook.

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail


Leia também