Movimento Vem Pra Rua cria site para pressionar pelo afastamento de Temer

Ideia lembra iniciativa similar que o próprio MBL havia adotado à época do impeachment de Dilma; proposta é controlar opiniões de parlamentares

- Publicado no dia
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Desde a delação de Joesley Batista, a atmosfera ficou densa para o governo Temer. A sucessão dos fatos conduziu a uma denúncia do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, a ser avaliada pela Câmara dos Deputados. Os deputados devem autorizar o Supremo Tribunal Federal a afastar e julgar o presidente. A maioria dos movimentos de rua que pressionaram pelo impeachment de Dilma não organizou iniciativas ou manifestações com a bandeira do “Fora, Temer”. O Vem Pra Rua decidiu se diferenciar.

O movimento, cuja face mais conhecida é o empresário Rogério Chequer, lançou o site “Mapa Afasta Temer”. Quando ainda estava em curso a luta pelo impeachment de Dilma, outro grande movimento, o Movimento Brasil Livre, tinha feito uso de iniciativas virtuais de monitoramento das intenções de voto dos parlamentares quanto ao afastamento da então presidente da República. A ideia aqui é exatamente a mesma: verificar a temperatura da Comissão de Constituição e Justiça e da Câmara dos Deputados quanto ao afastamento de Temer.

O site está repleto de informações: evolução patrimonial de cada parlamentar, doadores de campanha e, claro, a intenção de votos, além de uma série de formas de entrar em contato para pressioná-los a votar pela aceitação da denúncia. Confira o site aqui.

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail


Leia também