Marcel Van Hattem discursa contra incentivos fiscais no Parlamento

O deputado diz que seu voto foi feito em coerência com suas ideias, tendo sido eleito, segundo ele, para defender as ideias do liberalismo

- Publicado no dia

Em discurso divulgado em suas redes sociais no último dia 5 de julho, o deputado do PP do Rio Grande do Sul, Marcel Van Hattem, defendeu sua posição contrária à concessão de incentivos fiscais ao setor produtivo. A justificativa é, também, algo que não era costume até recentemente na política nacional: a coerência com as ideias do liberalismo.

Hattem ressaltou a importância do setor produtivo, mas disse que seu compromisso máximo é com o indivíduo e é contra a decisão por parte do Estado quanto a quem deveria receber tal benefício. Apesar de votar de acordo com a oposição na matéria, fez questão de se diferenciar: disse que muitos que estavam tomando a mesma posição que ele agiam por mero casuísmo, pois já concederam incentivos fiscais quando era do seu interesse.

“Tenho a convicção de que os impostos precisam ser reduzidos para toda a economia e o Estado precisa ser mais eficiente e enxuto de uma forma geral para que os impostos possam ser igualmente menores para todos”, resumiu. Marcel reconhece a divergência entre os próprios liberais, com alguns sendo favoráveis a que se apoie qualquer incentivo fiscal, já que, em ponto extremo, “imposto é roubo”, e outros se colocando contrariamente à concessão seletiva do benefício. Marcel justificou seu voto por se alinhar a essa segunda interpretação. Confira no vídeo:

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail


Leia também