Indigo destaca que brasileiro está ficando menos conservador nos costumes

Instituto ligado ao PSL/Livres considerou “imprecisa” a conclusão de que cresce o apoio à esquerda, pois o liberalismo econômico também cresceu em popularidade

- Publicado no dia
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Fundação Indigo, ligada ao PSL/Livres, publicou na última segunda-feira (3) uma análise com base na recente pesquisa sobre comportamento político divulgada pelo Datafolha.

A despeito da interpretação veiculada na Folha de S. Paulo de que “cresce apoio a ideias próximas à esquerda”, a instituição dirigida por Diogo Costa explicou que, embora tenha havido “declínio de 8% nas opiniões conservadoras sobre costume”, houve também um “crescimento de 12% na demanda por liberdade econômica”.

Segundo a imagem divulgada pela Fundação Indigo, com base na pesquisa, tolerância como homossexuais e imigrantes aumentou significaivamente na sociedade, bem como houve redução na confiança em programas de governo, CLT, sindicatos e intervenção em empresas.

O Instituto conclui, portanto, que “o brasileiro de 2017 também quer que sua vida dependa menos da assistência do governo”.

+ Capital político será contabilizado em aplicativo para filiados do PSL/Livres, revela Diogo Costa, da Fundação Indigo

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail


Leia também