Amoêdo renuncia presidência do NOVO de olho em possível candidatura em 2018

Principal liderança do NOVO deixa o partido com um ano de antecedência do início da campanha para estar apto a lançar-se pré-candidato em 2018, atendendo requisito do estatuto

- Publicado no dia
João Amoedo, presidente do Novo (Foto: Reprodução / Portal Minas)
João Amoedo, presidente do Novo (Foto: Reprodução / Portal Minas)

João Dionísio Amoêdo anunciou nesta quarta-feira (05) em seu perfil no Facebook que renunciou a presidência nacional do NOVO para que tenha a possibilidade de, em 2018, apresentar uma pré-candidatura pelo partido. A renúncia se faz necessária pois, de acordo com o estatuto da legenda, para ser candidato é preciso estar desvinculado de cargos partidários há pelo menos um ano da campanha.

Com a movimentação, assume a presidência nacional do NOVO o executivo Ricardo Taboaço, que assim como Amoêdo é fundador do partido e, na iniciativa privada, teve passagem por bancos e é formado em engenharia.

A candidatura de João Amoêdo à presidência da república em 2018 passa, agora, a ser considerada como opção mais provável da legenda, de acordo com uma fonte do partido.

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail


Leia também