Amazonenses lotam auditório pra discutir criptomoedas e blockchain

Evento foi organizado pelo Clube Ajuricaba, que tem se esforçado para difundir o ideário pró-liberdade no Amazonas; em 2016, organização recebeu prêmio internacional pelo esforço

- Publicado no dia
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O Clube Ajuricaba reuniu cerca de 200 pessoas em Manaus na última quinta-feira (22) para discutir moedas digitais e blockchain.

O evento contou com a participação de José Benchimol e Alex Mesquita, que apresentaram aos presentes a ideia do Bitcoin, especularam sobre o futuro do dinheiro e os diversos desdobramentos da tecnologia envolvida por trás do blockchain.

Chamado de “Meetup de Moedas Digitais”, o encontro contou com o apoio do Students for Liberty e da Rede Liberdade, além de organizações ligadas ao setor de criptomoedas, como a CoinWork e a FoxBit.

O Clube

Fundado em 2014, o Clube Ajuricaba tem por objetivo organizar e promover ainda mais o movimento libertário no Amazonas. Hoje, já são mais de 100 estudantes filiados à organização, que se espalha por diversas instituições de ensino do estado. Em 2016, o Clube recebeu o prêmio “Group of the Year” no International Students for Liberty Conference, em Washington DC, nos Estados Unidos.

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail


Leia também