Privatização dos Correios pode ocorrer ainda no governo Temer, diz Moreira                 Iniciativa quer revogar lei que fez de Paulo Freire 'patrono da educação brasileira'                 'Doria adotou a postura de um político tradicional', observa Amoêdo, do NOVO                 Fernando Holiday, do MBL, se manifesta sobre a decisão que permite a 'cura gay'                 Quadro de Leo Lins, no 'The Noite', debate de maneira irreverente o desarmamento                 Escola Austríaca é tema de simpósio gratuito em Belo Horizonte                 Evento no DF debaterá política, economia e cultura por um viés liberal                 Projeto 'Caos Planejado' lança concurso de artigos com prêmio em dinheiro                 MBL venceu outros movimentos populares de rua, aponta 'Estadão'                 Psicólogos devem ter liberdade para oferecerem a 'cura gay'? Vote e opine                 General admite possibilidade de intervenção militar no país e gera reações                 Brasil Paralelo lança primeiro episódio da nova série e revela origem de Portugal                 Roberto Motta diz que Kim Kataguiri é xingado na rua e já precisou de escolta                 Canal 'Quem somos nós' cria Playlist com comentários sobre a 'Nova Direita'                 Oscar Maroni quer ser presidente e defende liberdade econômica                 Spotniks anuncia que está selecionando novos redatores                 Milo Yiannopoulos replica vídeo legendado do canal Mamãe Falei                 Projeto que analisa páginas de política na Internet mapeia a direita virtual                 Marcel Van Hattem divulga nota do Ministério Público sobre caso Santander                 Arthur do Val é agredido em manifestação contra "censura do MBL"                 Diplomata Gustavo Maulstach assume direção tecnológica no PSL/Livres                 NOVO comemora dois anos de registro no TSE com vídeo institucional: assista                 Cinco sugestões de textos que vale a pena ler nesse final de semana                 Bernardo Santoro rotula notícia sobre Bolsonaro como "fake news"                 IFL de Belo Horizonte realiza 8º Fórum Liberdade e Democracia                 Empresário e palestrante famoso se junta ao PSL/Livres em eventos no Rio                 NOVO abre até outubro segundo processo seletivo para candidatos em 2018                 Doria defende abertamente privatização da Petrobras e fusão da Caixa com o BB                 Ouça o direito de resposta do MBL em rádio após ataque agressivo de locutor                 Os desafios para candidatos liberais nas eleições, por Priscila Chammas



Influenciadores pró-liberdade pedem a saída de Temer: confira as reações

Já se manifestaram o NOVO, o PSL/Livres, o economista Rodrigo Constantino, Hélio Beltrão e outros nomes

- Publicado no dia

Na noite desta quarta-feira (17) o jornalista Lauro Jardim, colunista de O Globo, divulgou em seu blog aquilo que daria início ao mais novo e grave episódio da administração de Michel Temer. Os donos da JBS iniciaram um processo de delação premiada e conseguiram gravar o presidente da república consentindo com um pagamento ao ex-deputado Eduardo Cunha em troca do silêncio. Tamanho escândalo tomou conta das redes sociais e a maior parte dos influenciadores do movimento pró-liberdade, entre indivíduos e organizações, já se manifestaram favoráveis à saída do presidente. Confira as principais reações:

Rodrigo Constantino (Economista/Blogueiro):

“A casa caiu, Temer. Renuncie já, mesmo que ninguém saiba o que vai acontecer com o Brasil agora. É o que deve ser feito, de olho no longo prazo.”

Partido Social Liberal (Livres):

“Nas próximas horas o Brasil todo deverá ter acesso às gravações do crime de obstrução da justiça. Desde já, Michel Temer perde toda legitimidade para o exercício da Presidência da República, assim como ocorreu com Dilma Rousseff, sua antiga sócia pelo poder. Renuncie, Temer!”

Foto: Reprodução / Facebook
Foto: Reprodução / Facebook

Partido Novo:

“Para o NOVO, o ambiente político não deveria ser este. Os últimos acontecimentos demonstram a total falência do nosso sistema político e de seus atores. É tempo de renovar.”

Vinicius Oberg (PSL/Livres – Rio de Janeiro):

“Ou o PSDB sai do Governo ou João Doria vai ter que sair do PSDB.”

Heitor Machado (Diretor de Operação do Instituto Liberal):

“A Carmen Lucia já deveria ter emitido um mandado de prisão por obstrução de justiça”

Lucas Berlanza (Jornalista):

“‘A Lava Jato é golpista’, ‘a Globo só defende o Temer e o PSDB’, ‘direita xucra’. Bla, bla, bla. Em tempo, disse e repito: não sou utilitarista e jamais serei. Fora, Temer.”

Alexandre Borges (Analista Político):

“‪Vamos ter o primeiro presidente não eleito por petistas em 15 anos. Vi vantagem.‬”

Foto: Reprodução / Facebook
Foto: Reprodução / Facebook

Joel Pinheiro da Fonseca (Analista Político):

“Ué, a mídia não era golpista?”

Movimento Brasil Livre:

“Olha só, petistas! Hoje, impeachment não é golpe; hoje, gravação de presidente não é crime; hoje, delação fala a verdade; hoje, a lava jato salva o Brasil”

“Renuncia, Temer”

Foto: Reprodução / Facebook
Foto: Reprodução / Facebook

Fernando Holiday (vereador de São Paulo, coordenador do MBL):

“Dessa vez Aécio e Temer que se complicaram. Ambos deviam ter vergonha na cara de renunciar.”

Fabio Ostermann (presidente do PSL/Livres no Rio Grande do Sul):

“Renuncia, Temer!”

Ivanildo Terceiro (diretor de comunicação do Students for Liberty Brasil):

“Temer tem que cair. Se não renunciar, que seja impichado. Se não sofrer um impeachment, que seja afastado pelo STF. Se não for afastado pelo STF, que o povo invada o Palácio do Jaburu e o tire de lá. Não existe cenário capaz de justificar a permanência de um homem gravado negociando propinas como um plano de previdência privada. Fora a operação cala-boca com o Cunha, o acerto era para que a JBS pagasse a Michel R$ 500 mil/mês durante 20 anos. Pior! A ousadia fez Temer acordar isto este ano! Após três anos de Lava-Jato! É acinte ou burrice. Provavelmente os dois.”

Olavo de Carvalho (Filósofo):

“Se cair o esquema tucano-peemedebista, com as denúncias de corrupção contra o Temer, a situação vai ficar mesmo “sui generis”, porque simplesmente não há outro esquema capaz de tomar o poder. Uns não querem, outros não podem. A Casa Real deveria ter saído da concha faz tempo, mas, sacumé, “par délicatesse j’ai perdu ma vie”.”

Paulo Gontijo (presidente do PSL/Livres no Rio de Janeiro):

“A República prestes a acabar. Será que posso concorrer eu?”

Pedro Duarte (líder do Renova PSDB e ex-membro do EPL):

“Por agora, espero que Aecio Neves renuncie à presidência do PSDB e que nossas instituições sejam capazes de encontrar os caminhos adequados para a questão do Planalto. É preciso navegar e avançar.”

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail


Leia também
Close