“Lula, você não vai destruir os sonhos do Brasil” diz Doria no Fórum da Liberdade

Discurso no evento em Porto Alegre defendendo a necessidade de reformas foi repercutido pela revista Veja e transmitido ao vivo pela página do Instituto Mises Brasil

- Publicado no dia
(Foto: Reprodução / Bruno Poletti - Folhapress)
(Foto: Reprodução / Bruno Poletti – Folhapress)

A abertura do 30 º Fórum da Liberdade aconteceu em grande estilo, com um nome já ilustre nacionalmente. O prefeito de São Paulo, João Doria, fez sua prometida palestra inaugural, juntando-se à lista de políticos convidados a falar ao público majoritariamente liberal do evento organizado pelo Instituto de Estudos Empresariais.

A palestra, marcada para as 15h deste dia 10 de abril, foi repercutida no site da Revista Veja e transmitida em um vídeo ao vivo pelo Instituto Mises Brasil (incluindo comentários críticos ao final). De acordo com a Veja, o auditório estava com lotação absoluta, com 5300 pessoas, ficando 1700 do lado de fora, e o prefeito foi interrompido seis vezes por aplausos do público. Alguns desses aplausos ocorreram quando Doria enumerou as realizações de seu mandato e sustentou a importância de novas lideranças aplicando práticas e estratégias de gestão modernas na administração pública, confrontando a “antiga maneira modorrenta”, de acordo com a sua definição.

Doria defendeu a importância dos valores morais como o melhor exemplo que os pais podem deixar aos filhos e ressaltou a dignidade do trabalho. Fez críticas vigorosas ao ex-presidente Lula, disse que a bandeira do Brasil “não é vermelha” e depois respondeu perguntas, aproveitando para enfatizar a necessidade de líderes empresariais e instituições se organizarem em prol das reformas da Previdência e Trabalhista.

Confira aqui o destaque feito pelos organizadores do Fórum:

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail


Leia também