Filiados criam tendência mais liberal no PSDB-RJ e organizam eventos para março

Nomeada de “Renova PSDB”, a corrente partidária diz ter como prioridades a “liberdade econômica e social”, “eficiência na gestão pública” e a “reforma administrativa”

- Publicado no dia
renova psdb
Entusiastas do PSDB se reúnem em reunião do grupo ‘Renova PSDB’ (Foto: Reprodução / Facebook)

Não é só em novos partidos que os liberais podem se engajar. Apesar da criação do Partido NOVO e do processo de renovação do Partido Social Liberal, que breve se tornará apenas “Livres”, muitos liberais ainda acreditam que há um caminho na reforma de legendas tradicionais, como o PSDB. Prova desse movimento é a fundação, no início do ano, da corrente partidária “Renova PSDB”, em atuação no Rio de Janeiro.

Segundo a tendência, o foco é “renovar o PSDB-RJ através de boas ideias como liberdade econômica e social, eficiência na gestão pública e reforma administrativa”. Ao longo do ano, a “Renova PSDB” pretende organizar palestras, debates, encontros com os parlamentares do partido e outras atividades que “ajudem na promoção dos ideais”.

Um dos nomes que lideram o movimento é o jovem Pedro Duarte Jr., ex-membro do Estudantes pela Liberdade. Quando presidente do DCE da PUC-Rio, Duarte ganhou notoriedade por, entre outros fatores, desligar à entidade da União Nacional dos Estudantes, marcadamente influenciada por partidos de extrema-esquerda. Nas últimas eleições, quando foi candidato a vereador, conseguiu na justiça embargar eventos que contariam apenas com a participação de candidatos de esquerda em universidades públicas.

O prefeito de São Paulo, João Doria, filiado ao PSDB, é uma das inspirações do 'Renova PSDB' (Foto: Divulgação)
O prefeito de São Paulo, João Doria, filiado ao PSDB, é uma das inspirações do ‘Renova PSDB’ (Foto: Divulgação)

“Fundamos o Renova PSDB para resgatar e ampliar os ideais do partido da década de 90: a defesa da eficiência administrativa, das privatizações, da austeridade fiscal e responsabilidade na economia”, diz Duarte, que cita também os prefeitos João Dória, de São Paulo, e Nelson Marchezan, de Porto Alegre, como inspirações: “Precisamos formar novas lideranças que compactuem com esses ideais. Que queiram dar continuidade ao choque de capitalismo defendido por Mario Covas, décadas atrás. Que se inspirem em Dória e Marchezan”.

Primeiros eventos

A “Renova PSDB” organizará no mês de março seus primeiros eventos no Rio. No dia 11, sábado, em parceria com o Instituto Teotônio Vilela, será promovido um painel de título “Infraestrutura e Privatizações”, que terá como participantes o professor Adriano Pires – fundador do Centro Brasileiro de Infraestrutura -, e David Zylbersztajn – primeiro diretor-geral da Agência Nacional de Petróleo, responsável por quebrar o monopólio da Petrobrás e pelo primeiro leilão de exploração aberto à iniciativa privada.

no dia 23 de março, quinta, o “Renova PSDB”, outra vez ao lado do Instituto Teotônio Vilela e também da Juventude do PSDB no Rio, organiza o evento “Aprovando o Plano Real”. Palestrará na ocasião o economista Edmar Bacha, que participou da equipe econômica que constituiu o Plano Real e sócio-fundador do Instituto Casa das Garças.

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail


Leia também