Instituto Millenium lança novo site e vídeo em defesa de privatizações

Organização sediada no Rio de Janeiro tem como mantenedores nomes como Jorge Gerdau, João Roberto Marinho, Armínio Fraga, Walter Longo, Salim Mattar e William Ling

- Publicado no dia
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

 

O Instituto Millenium inicia o ano de 2017 repleto de novidades. A primeira delas diz respeito ao lançamento de um novo visual para o seu site, agora mais arrojado e que confere ainda mais destaque aos títulos das notícias publicadas.

Em local de destaque na página principal, a organização se descreve como “uma base de inteligência confiável que reúne informações e propõe questionamentos para você decidir os seus próprios caminhos”. Outra novidade é que, agora, na própria página principal o internauta consegue assistir os vídeos e ouvir os podcasts publicados pela instituição.

Privatização é legal para o país, diz vídeo do IMIL

O Instituto Millenium lançou no último dia 1º um vídeo animado onde defende as privatizações. Com uma locução coloquial, o narrador defende que “ter lucro não é pecado, é fruto do trabalho e movimenta a economia” e que, sem lucro, “não há a geração de empregos e nem como pagar impostos”.

O vídeo classifica as estatais como empresas “que não correm o risco de quebrar e que escolhem as pessoas que ocuparão os principais cargos não por sua capacidade pessoal, formação e dedicação, mas simplesmente por amizades e interesses pessoais”.

O filme conclui com uma proposta: “Vamos pensar fora da caixinha? Privatização é legal para o país! Privatização é legal para você!”.

Assista:

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail


Leia também