Janaína Lima divulga vídeo com momentos do primeiro mês de mandato

Com o lema “mandato de muitos para todos”, a vereadora do Partido Novo em São Paulo ressalta que “representa a verdadeira nova política em um partido 100% ficha limpa”

- Publicado no dia
Foto: Divulgação / Facebook
Foto: Divulgação / Facebook

Eleita em 2016 com 19.425 votos pelo Partido Novo, a vereadora Janaína Lima divulgou ontem em suas redes sociais um vídeo onde destaca os principais momentos de seu primeiro mês de mandato.

Na produção, a parlamentar se descreve como “a vereadora de São Paulo que representa a verdadeira nova política em um partido 100% ficha limpa e literalmente novo”. Ela também destaca que “foi a primeira a propor um corte de 50% na verba do gabinete e redução no número de assessores, além de abrir mão do carro oficial e motorista”.

A medida, segundo o vídeo, resultará ao longo do mandato em uma economia superior a R$ 4 milhões para os cofres públicos. Outro momento selecionado foi sua candidatura a presidência da Câmara de Vereadores de São Paulo em seu primeiro dia de mandato.

O filme destaca ainda a “inauguração de uma plataforma online” denominada de “o nosso mandato” (que, na prática, é um site com espaço para comentários) e uma campanha para revogação de “leis pouco úteis”, que ganhou o nome de “Revoga Já”.

Dois vereadores liberais disputam atenção

A advogada Janaína Lima foi a primeira candidata eleita pelo liberal Partido Novo em São Paulo. Sua trajetória, porém, vem de outro movimento: o “Vem Pra Rua”, de onde foi líder e porta-voz. Com uma trajetória parecida, outro vereador destaque na Câmara é Fernando Holiday.

Líder nacional do Movimento Brasil Livre (MBL), Holiday tem apenas 19 anos, é uma das personalidades mais influentes da nova direita e foi eleito pelo Democratas. Sua campanha foi endossada pelo ativista Kim Kataguiri. Em janeiro, Holiday lançou, assim como Janaína, uma campanha voltada para a revogação de leis inúteis, chamada de “Revogaço”.

 

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail


Leia também