“Temos que ter objetivos mais ousados”, prega Constantino em encontro de liberais

Economista acredita que as lideranças liberais precisam se articular para pautarem a imprensa

- Publicado no dia
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O presidente do Conselho Deliberativo do Instituto Liberal, Rodrigo Constantino, participou no último final de semana do I Encontro Nacional de Lideranças da Rede Liberdade. Em uma de suas falas, ele encoraja os presentes, entre os quais representantes dos principais movimentos com viés liberal e libertário do país, a serem mais ousados e “começarem a pautar os debates políticos no Brasil, colocando a esquerda na defensiva.”

Para exemplificar a ideia, ele cita sua penúltima publicação, o livro Esquerda Caviar. “Ele conseguiu colocar a esquerda na defensiva. Precisamos fazer mais coisas desse tipo”, afirma.

Famoso pelo bordão “Onde está a Fox News do Brasil?”, que repete em diversas ocasiões, Constantino explicou o porquê de esse ser um passo fundamental para o movimento: “Sites opinativos são fundamentais, mas precisamos também de um jornalismo com um viés mais de direita. Vejo, nos Estados Unidos, o poder da Fox News”.

Quanto ao discurso liberal, o economista salienta a importância de torná-lo mais leve e atrativo. “É fundamental conquistar mentes, mas também corações. Os liberais pecam no departamento de marketing. Temos o melhor produto, mas somos racionalistas. Pecamos pelo economês e pelas mensagens burocráticas, em vez de seduzir e atrair pessoas neutras que hoje estão nas mãos de manipuladores da imprensa mainstream“, opina Constantino, que já foi colunista da revista VEJA, do jornal O Globo e, atualmente, da revista IstoÉ.

A gravação da exposição de Constantino foi publicada em seu blog.

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail


Leia também